Missão comercial leva calçadistas brasileiros à China

Expositores brasileiros na Feira GDS em Dusseldorf Alemanha - Foto Abicalçados / Divulgação
Expositores brasileiros na Feira GDS em Dusseldorf Alemanha – Foto Abicalçados / Divulgação

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) realizam, por meio do programa Brazilian Footwear, mais uma missão comercial à China. Na agenda a ser realizada entre os dias 10 e 13 de outubro de 2016, em Xangai, está prevista a participação na China International Fashion Fair (CHIC), que será antecedida por um seminário preparatório sobre o mercado chinês.

Com o maior mercado consumidor de calçados do mundo, a China, além de ser grande produtora, tem se caracterizado pelo aumento no consumo desses produtos. Em 2015, conforme o relatório World Footwear, os chineses consumiram mais de 3,8 bilhões de pares, número que vem crescendo com as políticas de incentivo ao consumo adotadas pelo governo chinês. É de olho nesse importante mercado, que não pode mais ser visto apenas como um concorrente, que o Brazilian Footwear, desde 2010, tem realizado missões comerciais para abrir portas ao calçado brasileiro. “A China é um mercado difícil, de concorrência com grandes marcas internacionais, mas aos poucos o nosso produto vai ganhando o destaque que merece”, comenta a analista de Promoção Comercial da Abicalçados, Ruísa Scheffel.

Segundo ela, desde que foram adotadas as ações de promoção comercial e de imagem na China, as exportações de calçados brasileiros para lá aumentaram mais de 80%, passando de US$ 2,4 milhões, em 2009, para US$ 4,4 milhões, em 2015. “É um mercado potencial, muito forte, mas que precisa ser trabalhado com orientação e paciência, pois não é uma inserção possível de se conseguir a curto prazo”, acrescenta a analista.

Interesse
Ruisa vê com bons olhos o aumento do interesse das marcas brasileiras na CHIC. No ano passado, sete marcas comercializaram US$ 1,2 milhão na mostra. “Neste ano temos 14 marcas que, com a cotação cambial permitindo um preço mais competitivo, devem registrar resultados superiores”, projeta.

Para potencializar a participação brasileira, o Brazilian Footwear realizou um serviço de matchmaking com o apoio da consultora de mercado local, LI Xia. Foram marcadas visitas de 25 grandes grupos chineses de varejo, que poderão conhecer – e comprar – dos expositores verde-amarelos no evento.

Fonte Abicalçados

.