Contemporâneo +B apresenta as coleções de Preview Inverno 2016

contemporaneo-b-preview-inverno-2016

O showroom de moda Contemporâneo +B apresentará as coleções de Preview Inverno 2016 até o dia 23 de outubro de 2015, no Contemporâneo Showroom (Rua Groenlândia, 448 – Jardim América), em São Paulo / SP.

Marcas associadas, como Cecilia Neves, For the Win, Juliana Gevaerd, Lila Deux, Luisa Farani, MES, Oma Tees, Pynablu e Troá participam desta primeira fase. A segunda fase será realizada de 10 a 20 de novembro de 2015.

contemporaneo-b-preview-inverno-2016_cecilia_neves

TENDÊNCIAS
:: Cecilia Neves – Brincos, pulseiras, colares entre outros acessórios são feitos à mão e bordados com miçangas de porcelana, pérolas, madrepérolas, cristais, pedras preciosas e semipreciosas, além de metais banhados em prata e ouro.

:: For the Win – Nessa estação, marca continua apostando em transparências dos tecidos de tela, tule e recortes que deixam a pele à mostra. Destaque para os bodys com recortes geométricos e os shorts de corrida. A cartela de cores aposta em tons sóbrios e básicos, nas combinações preto e dourado, preto e pink e azul e vermelho.

:: Juliana Gevaerd – Inspirada nas paisagens da Ilha de Marajó, a estilista propõe formas amplas e elegantes. Para este inverno, o lado orgânico está bem marcante: peças neutras ou em tons como cobre, ferro, argila, cru e preto.

contemporaneo-b-preview-inverno-2016-lila_deux

:: Lila Deux – Nesse inverno, a marca aposta em uma cartela de cores frias com muito preto, off white e tons terrosos. O neoprene continua forte nessa estação. O destaque para a alfaiataria que traz camisas e calças com cortes e acabamentos impecáveis.

:: Luisa Farani – O ponto de partida para o Inverno 2016 da label foi o festival Kukeri na Bulgária onde participantes se fantasiam para espantar os maus espíritos e garantem uma boa colheita. De forma similar, povos no mundo inteiro se adornam com talismãs e símbolos de proteção. A coleção, batizada de [Super]stição, traz uma estampa exclusiva de amuletos da sorte e bordados de crisântemos. Além de seus conhecidos longos de seda, a marca investe na neo-alfaiataria trazendo opções destemidas para o vestuário feminino, por exemplo, a linha de organza de seda e de camisaria trabalhada com pont ajour que chega com ousados longos de algodão.

:: MES – Confeccionar peças manualmente é a DNA da marca. Com mais de 25 anos de experiência na produção artesanal, a marca aposta em coletes e casacos em pêlos feitos sob a técnica de patchwork.

contemporaneo-b-preview-inverno-2016_oma_tees

:: OMA TEES – A marca de t-shirts se inspirou na cultura do Oriente Médio, trazendo elementos de vários países para estampar camisetas, blusas e vestidos. Destaque para as estampas de vitral, azulejos, mosaicos, pavões, mapa de Dubai, tapete persa e ikat. Oma Tees também amplia a coleção com calças em suede.

:: Pynablu – A coleção traz referências das armaduras de gladiadores e guerreiras mitológicas. A cartela de cores reflete bem o tema, misturando tons escuros, como verde petróleo, berinjela, vermelho sangue, vinho e azul marinho. Os tecidos ganham detalhes em telas, tricôs, lurex e acabamentos manuais.

:: Troá – Uma viagem a antiga China trouxe para a marca um jeito curioso para executar as peças. O macramê foi a técnica feito à mão escolhida da vez. As cores deixam um inverno equilibrado entre o frio e o quente, como os tons vermelho cherry e azul brisa. Estampas exclusivas inspiradas do outro lado do hemisfério traduzem o clima vintage da coleção.