Feira 40 Graus atinge meta e Merkator anuncia data da edição 2019

Feira 40 Graus 2019 Feira 40 Graus

Feira 40 Graus 2019

A edição 2018 da 40 Graus – Feira de Calçados e Acessórios, realizada pela Merkator Feiras e Eventos, entre os dia 5 e 7 de março de 2018, no Centro de Convenções de Natal, no Rio Grande do Norte, apresentou coleções e criações desenvolvidas especialmente para o varejo das regiões norte e nordeste do país.

IMPORTÂNCIA E CONTINUIDADE
De acordo com Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, a 40 Graus já está consolidada como a grande fornecedora do varejo segmentado das regiões Norte e Nordeste do Brasil. Para o empresário a realidade demostra a necessidade da manutenção de uma feira profissional de abrangência nacional para dar maior suporte a comercialização nestas regiões. Pletsch salienta também que os lojistas estão envaidecidos com a atenção dispensada pela indústria calçadista o que está possibilitando que eles realizem compras dentro do desejo estético do consumidor local. “Estamos felizes porque o lojista saiu daqui com compras para as principais festas de suas regiões e o calçadista garante uma produção que vai movimentar a sua fábrica”, disse o empresário.

A feira calçadista em Natal só não é maior por causa do espaço físico limitado. O Centro de Convenções de Natal está em obras desde o governo passado. Em 2018, após 6 anos, já no final da gestão do governador Robinson Faria ( PSD ) é que as obras começaram a aparecer. A promotora teve dificuldades em montar a feira devido as obras em andamento do Centro de Convenções de Natal/RN. Há expectativa de finalização até o final de 2018. O melhor é aguardar, pois as sucessivas prorrogações não geram credibilidade para a previsão. Mesmo assim, Frederico Pletsch, homem de palavra e parceiro fiel, garante mais uma edição na Capital do Rio Grande do Norte. A feira 40 Graus 2019 já tem data : será de 11 a 13 de março de 2019, das 10 às 19h.

FIDELIDADE E PERDAS
Natal tem sorte. Frederico Pletsch é um líder que valoriza seus parceiros. Se fosse outro empresário mais ganancioso já teria cedido os apelos comerciais para migrar a feira de cidade e Estado. A conclusão do Centro de Convenções de Natal em 2018 é mais que um compromisso ou expectativa. Entregar a ampliação pronta, é uma obrigação e um dever do governo do Rio Grande do Norte. Os líderes políticos perdem em credibilidade, o Estado perde em arrecadação com a comercialização e movimentação da economia e a população perde oportunidades e empregos, mesmo que sejam Intermitentes.

LOJISTAS
“É a minha primeira vez na 40 Graus e estou à procura de novos fornecedores e de novidades para os próximos meses”, disse Luiz Antônio Mattos Brito Junior, proprietário de 13 lojas em Fortaleza. O empresário buscou fechar negócios com expositores que possuíam modelos de rasteirinhas e chinelos. Já Regilany de Oliveira, proprietária de loja em Lagarto, cidade distante 80 quilômetros de Aracaju / SE, destacou a importância da feira para realimentação de novidades. “Compro o início das coleções nas feiras de calçados em Gramado/ RS, mas aqui posso incrementar minhas vitrines com novidades especiais”, disse a sergipana. Já a baiana Neucy Almeida, de Ribeira do Pombal, cidade distante 270 quilômetros de Salvador, chegou à Natal com disposição de ver as tendências e fazer compras. “Sempre é bom ver a indústria reunida. Conseguimos ver o foco do nosso segmento. Vim para reforçar meus estoques de rasteiras e de calçados para o clima bem tropical”, afirmou ela.

EXPOSITORES
Rafael Laux, diretor Comercial de empresa de calçados de Igrejinha /RS confirma a venda de produtos para o Dia das Mães e as festas juninas. Flávio Lamb, gerente Comercial de indústria de calçados em Nova Petrópolis / RS, selecionou seis marcas com lançamentos específicos para a feira e para agradar a mulher do norte e nordeste. A empresária Samantha Becker, de Novo Hamburgo (RS), que fabrica sandálias com pedrarias diferenciadas, afirma que a feira é importante para o desempenho da empresa. “A feira é uma ótima vitrine para nós aqui na região. Viemos em praticamente todas as edições da feira. Sempre apostamos aqui”, finaliza ela.

.