Fimec 2013 na Fenac, em Novo Hamburgo – Feira termina na sexta-feira

fimec-2013-fabio-winter-sortimentos-com-102

A edição da Fimec 2013 – Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes chega ao último dia na sexta-feira (15.03.13), com a expectativa de gerar bons resultados para os mais de 600 expositores. “Temos aqui um público focado em negócios, inclusive com uma grande participação internacional. Os países latinos aumentaram bastante a presença na feira, especialmente Argentina e Equador. Também há uma delegação da China interessada em comprar dos nossos expositores”, destaca o diretor-presidente da Fenac, Elivir Desiam. O balanço final do evento será feito na sexta-feira pelos presidentes das entidades representativas do setor.

 

OPINIÃO – O diretor da Forms Indústrias de Calçados, de Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo, Christiano Marques, esteve na feira pela primeira vez para conhecer as novidades. “Para a nossa empresa, que é de fora deste polo, é de extrema necessidade estar presente e visitar a Fimec. Pretendo adquirir maquinário e vou voltar ano que vem, já que a feira é organizada, tem estandes bonitos, com mapas e acesso fácil”, destacou Marques.

Para o diretor administrativo da Via Aérea, de Nova Serrana, de Minas Gerais, Gean Carlo Borba, que produz calçados femininos, o diferencial da feira é a variedade de expositores e o grande número de maquinário. “Equipamentos novos, modernos e de muita tecnologia são o ponto forte da feira”, comenta Borba, que visita a feira há oito anos. Já o diretor da metalúrgica MVS, Vilmar Rosa, com sede em Estância Velha, que produz componentes de calçados e confecções, visita a Fimec todos os anos. “A feira é interessante para o setor e temos que estar atentos a todos os lançamentos. Qualquer novidade é importante para o mercado, tanto na redução de custos ou com uma nova tecnologia. Gosto de olhar todos os estandes, porque sempre tem algo interessante para a minha empresa”.

Visitando a feira pela primeira vez, a consultora da empresa Interact, de Lajeado, Verônica Erthal, que trabalha com desenvolvimento de software para empresas, ficou impressionada com o grande número de estandes internacionais, principalmente os chineses. “Realmente eles estão hoje em dia em todos os lugares do mundo” comenta ela. Além de prestigiar alguns clientes, a consultora informa que é importante marcar presença para estudar e entender o setor.

Fonte : De Zotti – Assessoria de Imprensa || Foto  : Fábio Winter/Lu Freitas/Divulgação Fimec

.