Gira Calçados 2014 em Campina Grande – Acesso à tecnologia favorece inovação e faz vendas de calçados crescerem

Gira Calcados 2014 Campina Grande feira Gira Calcados 2014 por David Bruno 01

Gira Calçados 2014  em Campina Grande (PB) proporciona não apenas oportunidades de negócios, mas estímulo à modernização de calçadistas do Nordeste pelo maior contato com fornecedores

Com um crescimento de 12% em 2013, o polo calçadista da Paraíba vem repetindo índices anuais de expansão e geração de empregos. Já na posição de segundo maior exportador de calçados entre os estados brasileiros, com 25 milhões de pares/ano vendidos ao exterior, o polo se moderniza em razão de vários fatores.

Um dos principais é o acesso a fornecedores que passaram a ficar mais próximos da região desde a realização do Gira Calçados, maior evento calçadista do Nordeste por reunir todos os elos da cadeia: fabricantes de calçados, lojistas, empresas de máquinas e de componentes para calçados.

O Gira Calçados em Campina Grande (PB) está em sua terceira edição e, com rodadas de negócios e o Salão da Inovação. A expectativa é gerar R$ 8,5 milhões em vendas, crescimento de quase 20% sobre 2013, quando cerca de R$ 7 milhões foram negociados, somando-se os pedidos tirados durante o evento aos consolidados ao longo do ano.

Diretor da Hawaí Calçados, Eduardo Souto comanda uma empresa que cresceu 30% desde a primeira edição do Gira Calçados, em 2012. A cada ano, ele adquire máquinas novas para a fábrica sediada em Campina Grande, onde produz calçados de segurança, esportivos e infantis. Cerca de 90% da produção de 2 mil pares/dia é vendida para o Nordeste. “O importante é modernizar a empresa, modernizar o produto, porque isso contribui para o crescimento. O Gira Calçados proporciona isso ao trazer as novas tecnologias para os fabricantes da região”, afirma.

 

 

DESIGN E INOVAÇÃO – Também da cidade e participante das rodadas de negócios, a Eva Bag & Shoes vem aproveitando o Gira Calçados não apenas pela oportunidade comercial, mas pelo suporte em Design, iniciado neste ano. Fabricante de bolsas e calçados femininos, a empresa participa do Projeto Identidade, desenvolvido para o evento em parceria pelo Sebrae-PB e Instituto by Brasil, sob orientação do estilista Walter Rodrigues. “Somente com a primeira etapa do projeto já conseguimos fazer importantes ajustes na coleção de Verão”, diz Juliana Gonçalves, diretora da marca. “O suporte técnico tem sido de grande importância, assim como a visão integrada do desenvolvimento, que deve envolver não apenas os designers, mas também as pessoas que têm contato com o cliente”, acrescenta.

 

Expositora no Salão da Inovação, a Sazi Máquinas, de Farroupilha (RS), aproveita o Gira Calçados para ampliar o relacionamento com o mercado do Nordeste, que representa de 18 a 20% de suas vendas, mantendo um linear crescimento anual. Os três equipamentos expostos da linha Intelligent, de grande redução no impacto ambiental, foram vendidos antes mesmo do início do evento, para a Incopar. Uma das máquinas, uma prensa, reduz o consumo de ar comprimido em pelo menos 75%. A outra, um equipamento para secagem e reativação, consome a metade da energia gasta por um chuveiro elétrico. “Comprovamos a redução de custo para o cliente, com uma tecnologia própria que garante economia e sustentabilidade”, explica Claudinei Zavaski, Analista Técnico Comercial. A visibilidade e o relacionamento gerados pelo Gira Calçados abriram as portas para novos clientes à Sazi no Nordeste.

Foto : David Bruno

 

Gira Calcados 2014 Moda Eventos 2014