Santa Catarina Moda e Cultura – SCMC 2014 uma iniciativa de vanguarda de indústrias catarinenses

Santa Catarina Moda e Cultura - SMCM 2014 Moda Eventos

Atuando de forma efetiva na construção de uma identidade criativa para Santa Catarina, o SCMC busca a projeção do Estado como referência de moda e design em nível nacional, fortalecendo e aumentando a competitividade das empresas e dos profissionais envolvidos, através da inovação e da união da cadeia produtiva têxtil do Estado com as instituições de ensino e os jovens talentos do design catarinense.

O ano #9 do movimento Santa Catarina Moda e Cultura (SCMC) é um movimento multidisciplinar voltado às empresas e instituições de ensino catarinenses da cadeia da moda e do design que buscam diferenciação através da inovação e integração entre indústria e academia.

 

 

Empresas participantes do SCMC Ano #9 :Altenburg, Audaces, Cia. Hering, Círculo, Dalila Têxtil, Daniela Tombini, Digra, Dudalina, Fakini Malhas, HI Etiquetas, Karsten, Lancaster, Marisol, Meu Móvel de Madeira, Oceano, Printbag e Tecnoblu. As sedes das companhias estão divididas entre nove cidades catarinenses: Blumenau, Caçador, Camboriú, Florianópolis, Gaspar, Jaraguá do Sul, Joinville, Pomerode e Rio Negrinho. As 17 empresas parceiras do SCMC ano #9 juntas registram um faturamento anual superior a R$ 4 bilhões e empregam mais de 25 mil colaboradores.

 

 

Instituições de ensino no SCMC ano #9 : ASSEVIM – Associação Educacional do Vale do Itajaí Mirim; SENAI Blumenau; SENAI Brusque, SENAI Criciúma; SENAI Joinville; UDESC – Universidade do Estado de Santa Catarina; UNIASSELVI – Universidade Leonardo da Vinci; UNISUL – Universidade do Sul de Santa Catarina; UNIVALI – Universidade do Vale do Itajaí (unidades de Balneário Camboriú e Florianópolis); UNOCHAPECÓ – Universidade Comunitária da Região de Chapecó; e UNOESC – Universidade do Oeste de Santa Catarina.

 

 

SCMC
O Santa Catarina Moda e Cultura (SCMC) foi criado em 2005 a partir da inquietação de um grupo de empresários da região do Vale do Itajaí que, analisando a realidade do mercado catarinense, entendeu que o Estado sempre foi reconhecido nacionalmente por sua qualidade produtiva e variedade de produção têxtil, mas precisava de uma transformação para que passasse a entregar produtos com inovação e design. Desde então, através de programas de atualização, capacitação, interação e networking, o SCMC inova e fomenta o mercado de moda e design de Santa Catarina, fortalecendo sua identidade criativa e seu valor agregado.

 

Desde seu início,  já participaram do projeto 42 empresas e 20 instituições de ensino, que, juntas, contabilizam mais de 7.500 alunos matriculados nos cursos de moda. 90% dos mais de 300 alunos participantes do SCMC encontram-se empregados ou administrando seus próprios negócios. Desde sua primeira edição, o Movimento acumula um investimento da ordem de R$ 5 milhões e contabiliza a participação de mais de 30 mil pessoas, entre organização, empresas parceiras, universidades, alunos e público em geral.

 

“O SCMC tem como missão antecipar tendências de consumo, consolidar a identidade de moda de SC e, através da inovação, promover o desenvolvimento das empresas e instituições envolvidas. Para que isso se mantenha, Instituições de Ensino de todas as regiões do estado são envolvidas com seus professores e alunos para capacitar os profissionais que irão atuar nas empresas, garantindo um crescimento sustentável. Aqui estamos falando do ‘Inteligência Compartilhada’, que é somente uma das iniciativas do SCMC. Além desta, temos atividades como o ‘Thinking’, que envolve e integra todos os empresários; o ‘Experience’ e o ‘Experience EDU’, onde as empresas e Instituições de Ensino compartilham suas práticas de gestão; o VIC (Very Important Company), que tem como objetivo visitar empresas de outros segmentos para tomar conhecimento de outros modelos de gestão; e missões ao exterior, para entrar em contato com outras realidades, fomentando assim a internacionalização das empresas. Por tudo isso, o SCMC é único e colabora para o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva da moda, passando pelos estudantes, professores, profissionais das empresas e pelos empresários. A cada ano, novas empresas integram o movimento, pois nosso objetivo é continuar atraindo cada vez mais empresas de SC para participarem desta revolução.”, declara Claudio Grando, presidente do SCMC.

 

 

Indústria têxtil de Santa Catarina
O Estado de Santa Catarina ocupa a segunda posição no ranking dos maiores faturamentos da indústria têxtil nacional. As empresas catarinenses faturaram U$ 11,3 bilhões em 2012 – 17% do total brasileiro – e empregam 169 mil trabalhadores. No Brasil, a indústria têxtil faturou no mesmo ano US$ 58,4 bilhões, empregando 1,7 milhão de pessoas. A indústria têxtil catarinense representa 17,74% da indústria de transformação do Estado. Santa Catarina é o maior exportador de linhas para crochê e fitas elásticas da América Latina, além de destacar-se na produção de artigos de cama, mesa e banho. A indústria Têxtil e do Vestuário de Santa Catarina exportou em 2013, US$ 174 milhões, sendo 7,4% do total Nacional. O Estado é o maior exportador brasileiro de fitas de fibras sintéticas, roupas de toucador/cozinha, tecidos atoalhados de algodão, feltro e camisetas em malha, segundo dados da Federação das Indústrias de Santa Catarina – FIESC.