Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios busca ampliar suas vendas para o exterior

zero-grau-negociacao_foto-dinarci-borges

A Zero Grau –  Feira de Calçados e Acessórios será realizada nos dias 16, 17 e 18 de novembro de 2015 nos pavilhões do Serra Park (Rua Viação Férrea, 100 – Tres Pinheiros), em Gramado/RS. A feira, criada em 2011, tem crescido em importância no setor a cada ano, e nesta edição pretende atrair número recorde de lojistas do varejo brasileiro. O foco, no entanto, também está para além das fronteiras brasileiras. A expectativa é que a feira afirme sua importância internacional, atraindo também compradores de diversos países.

O mercado vê na Zero Grau o momento da retomada. A feira abre as vendas das coleções de outono e inverno, e vai garantir a produtividade na indústria no início de 2016. “Acreditamos que a Zero Grau possa ser o momento da renovada de energias que o setor tanto precisa. Uma feira que está na data correta e que abre o calendário de compras da próxima estação”, lembra o presidente do Sindicato das Indústrias de Calçados de Três Coroas, Werner Junior.

Passa por essa retomada a garantia da presença massiva de lojistas de diferentes estados brasileiros, o que já se confirma com varejistas de diferentes regiões garantindo presença na feira. Os clientes do exterior também estão sendo convidados, e confirmando que estarão na Zero Grau. “Por tudo isso, independente do cenário econômico e político desfavorável, estamos acreditando e trabalhando como parceiros da promotora, para que a Zero Grau torne-se a data mais importante de lançamento de preview de inverno no calendário da moda do calçado no Brasil”, afirma Junior.

Para esta edição foram convidados 132 compradores internacionais. Já há presenças confirmadas de diversos países como África do Sul, Zimbabwe, Índia, Portugal, Costa Rica, além de um bom número de compradores de países da América Latina, principal destino do calçado brasileiro. Confirmando uma tendência, também há grande adesão de compradores de países árabes, como Paquistão, Emirados Árabes Unidos e Líbia. “Estamos reforçando a abrangência internacional da feira, e trazendo novos mercados para as nossas indústrias”, ressalta o diretor da Merkator Feiras e Eventos, Frederico Pletsch.

Foto Dinarci Borges